Estratégias para manter a concentração

concentracaoNa atualidade, recebemos tantas informações e estímulos através da internet e meios de comunicação, que tem sido cada vez mais complicado se manter concentrado durante tarefas diárias, como estudar ou trabalhar.

Quanto mais tempo uma atividade leva, mais complicado é manter o foco. Se você tem dificuldades de se manter concentrado, independentemente da idade, saiba que isso tem uma solução que está ao alcance de todos.

Estratégias de concentração

Manter-se concentrado pode ser uma tarefa um tanto complicada, mas fundamental para desenvolver qualquer tipo de trabalho, e alcançar o sucesso. Mostraremos uma série de dicas dadas pela professora de neurociência Paula para melhorar a concentração e aumentar o foco:

  • Divida sua jornada de trabalho, faça por partes. O cérebro humano consegue se fixar em um único objeto durante 50 ou 60 minutos. Depois desse período, a atenção inevitavelmente se esvai. A dica é trabalhar ininterruptamente durante no máximo por esse período, e então fazer um intervalo de 5 a 10 minutos, cheque suas mensagens do celular, acesse as redes sociais ou simplesmente levante-se e vá tomar um café. “Uma pausa ajudará a descansar as áreas ativas no cérebro até o momento”, explica a professora de neurociência Paula. Após esse pequeno período de descanso, você estará pronto para outra sessão de trabalho.
  • Alimente-se bem durante todo o dia. Trabalhar em jejum não é uma boa ideia para quem busca concentração. Isso porque o sistema requer uma grande quantidade de energia, segundo a neurocientista. Durante o período de trabalho, é aconselhável que tenha sempre algo no estômago: para que haja força suficiente no organismo, manter o foco, e para que o cérebro não se distraia com a fome. Não é preciso ingerir grandes quantidades de alimento. Basta uma barrinha de cereal ou um suco entre as principais refeições do dia.
  • Ouça músicas que já conheça. Fones de ouvido são um recurso excelente para manter o foco. Além de reduzir o ruído externo do ambiente, ouvir música pode proporcionar bem-estar. “Não é bom escolher um repertório baixo astral, o ideal é que ele seja leve e prazeroso”, diz Paula. Mas, não se envolva demais com a trilha sonora, apenas relaxe com ela. Por isso, a neurocientista recomenda escolher um repertório que você já conhece.
  • Acabe com a bagunça e o desconforto. Mesas de trabalho caóticas são “péssimas para o cérebro”. Isso porque o sistema nervoso tende a se espelhar no ambiente externo. “Se não há lógica do lado de fora, será difícil se organizar internamente”, afirma a professora. É fato que o caos pode ser um grande aliado na busca por criatividade e inovação.

Se mesmo fazendo tudo acima, ainda não tiver uma melhora boa, então compensa comprar Neurocaps, um suplemento cerebral que tem ajudado muitas pessoas.

Se gostou das dicas, e quer ver mais algumas, vale a pena ver o vídeo abaixo:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *